12/07/2011

Suica - 7o dia - Interlaken/Trummelbachfalle/Schiltorn

7o dia na Suica foi simplesmente perfeito. Com certeza o dia mais legal de todos. Acordamos cedo, pegamos alguns trens para chegar a Interlaken.
Interlaken eh uma das cidades mais visitadas por turistas por ser o ponto de partida para algumas dos mais famosos Alpes. Nao soh pela beleza natural, mas por todos os tipos de esportes e aventuras que podem ser praticados, seja no verao ou no inverno. Chegamos a Interlaken, mas jah pegamos outro trem para Lauterbrunnen. Hora de comecar a subida.

Em Lauterbrunnen, uma cidadezinha aconchegante, pegamos o onibus para ir ateh a Trummelbachfalle. Esse palavrao na verdade quer dizer que sao cachoeiras de agua das geleiras Eiger, Monch e Jungfraujoch. O primeiro impacto eh ainda no caminho. A beleza natural do lugar eh de deixar qualquer um boquiaberto. Eh um vale todo verde (considerando que eh verao) com dois paredoes rochosos e uma vista dos alpes ainda com neve lah em cima! Sensacional! Fiquei um bom tempo admirando essa paisagem. Outra coisa que me impressionou foi o rio que vai ateh Interlaken. O rio eh cinza, te tao pura e limpida a agua. Um espetaculo!



Para entrar para ver as cachoeiras na atracao tem que pagar, mas vale cada centavo. Sao dez pontos de observacao dentro e fora da montanha, alguns bem lah em cima. Voce tem duas opcoes para subir: no pezao ou com um elevador dentro da montanha!





Apos da visita a essa maravilha, lah fomos pegar um novo onibus para subir um pouquinho mais ateh Stechelberg. A ideia era ir soh ate Gimmenwald, mas para o meu deleite decidimos de ultima hora ir ateh Schiltorn.

Schiltorn fica a 2.970m de altura e de lah eh possivel ter uma visao privilegiada das tres montanhas mais famosas da Suica: Eiger, Monch e Jungfraujoch. Nesse local tambem foi feito um dos filmes de 007 - "On her majesty secret service". A subida jah vale muito a pena e demora cerca de 40 minutos. Pega-se um primeiro bonde ateh Gimmenwald. Troca-se de bondinho e subimos ateh Munster. De lah, pega-se o terceiro bondinho ateh Birg. E de lah finalmente pega-se o ultimo bondinho ateh Schiltorn. O passeio jah vale a pena pela subida. E os ouvidos agradecem por nao ser muito rapido, mas mesmo assim a pressao eh grande (aconselho levar um pacote de chiclete).

Desde o final do seculo 19 varios projetos foram feitos para construir uma railway ateh Schiltorn. O pico jah era famoso entre os alpinistas por sua vista privilegiada, mas os aspectos geograficos da montanha eram um grande obstaculo para a realizacao da obra. Somente na decada de 1960 eh que os cable-cars atingiram a tecnologia necessaria para viabilizar o projeto. Em 1967 eles tiveram sucesso, e o pico pode ser aberto aos turistas. Eh realmente impressionante ateh onde vao as criacoes do ser humano.






N'os demos muita sorte dessa vez pq a visao da montanha estava perfeita. Nao havia nuvens atrapalhando. Tava pra ver muito longe, ateh alguns rios de cidades que passamos no caminho de trem. Impressionante a paz, a calma, e a vista. Eu adoro!!! Neve, 8 graus, uma visao de tirar o folego. Eu ainda me aventurei a ir na parte do inicio da trilha, onde nao tem muros de protecao! E lah ainda fiz guerrinha de bolas de neve com Tia Doris.

Ainda paramos para tomar um cafe (no meu caso um Ovomaltine) no restaurante giratorio Piz Gloria (olha a Glorinha no topo do mundo!). O restaurante faz uma volta completa em 50 minutos. Muito viagem. No local tambem tem uma sala mostrando cenas do filme e dos bastidores do 007. Nao fomos ao Jungfraujoch, vai ficar para a proxima vez, mas acho que foi ateh melhor ter ido a Schiltorn pela visao.

Ao descer paramos em Munster essa cidadezinha a mais ou menos 1300m de altura toda tradicional, com suas casinhas de estilo chalet. Bem tipico Suico. Movimento mesmo, soh dos turistas. A cidade eh linda, tranquilidade soh... daquele jeito que eu soh aguentaria ficar uns dois dias no maximo. Esse tipo de tranquilidade me estressa! hehehhehehe



Entao lah fomos n'os fazendo todo o percurso de bondinhos, onibus, trem ateh chegar em Interlaken. Deixamos para ir lah mais tarde por causa do festival de Jodeling Festival. Eh um festival tradicional com musica tradicional, muita comida, campeonato de jodeling e trajes tipicos. Foi muito bacana ver essa cidade toda transformada. E dependendo da regiao, os trajes sao diferentes. Cada um mais bonito que o outro.

Alem disso, podemos ver os musicos passeando por ai com seus Alpenhorn. Apesar de nao ter o mesmo impacto do que tocar lah em cima nos Alpes, eh um instrumento muito melodioso. Esse trio resolveu dar uma canja no meio da rua!




Um comentário:

Rogério Braga disse...

Ahhh que top! Você realmente tem muita história pra contar!